Psican√°lise e Inf√Ęncia: Quest√Ķes cl√≠nicas e outros Saberes, sob a coordena√ß√£o de Priscila Tomazini.

O infans balbucia, chora, grita, presa de uma linhagem que o convoca a alinhar seu corpo aos gestos, j√° de linguagem; sua voz, convocada no Outro, preludia o ato da palavra. Do infans ao ser falante, passagens, que proponho fazer a partir de leituras que v√£o desde o retorno ao texto freudiano de 1891, "Sobre a Concep√ß√£o das afasias" - texto considerado pr√©-psicanal√≠tico, exclu√≠do das Obras Completas, e que atr√°s a preciosidade das primeiras elabora√ß√Ķes psicanal√≠ticas sobre o que Freud nomeou de "Aparelho de Linguagem" em um di√°logo com as neuroci√™ncias no que tange √†s psicopatologias da fala - passando por interlocutores como Garcia-Rosa em "As afasias de 1891", e por escritos recentes como os de Jean Berg√®s, psicanalista e neuropsiquiatra, sobre "Retrato de linguagem e afetividade". Vamos tamb√©m, do "corpo √† letra", Gabriel Balbo dialogando com Jean Berg√®s, texto que convoca outros textos dentro da cole√ß√£o organizada por √āngela Vorcaro para tanger a quest√£o: "Quem fala na l√≠ngua? Sobre as psicopatologias da fala". Por fim, ao texto lacaniano "Fun√ß√£o e Campo da Fala e da Linguagem" acompanhando sua quest√£o: "Um grunhido √© uma palavra?"

Para essa empreitada, estamos todos convocados!

Quinzenalmente, √†s segundas, √†s 19:30. Aberto ao p√ļblico mediante pagamento.


Projeto Psicanálise em Extensão: A Escuta Psicanalítica no Coletivo de uma Instituição de Educação Infantil, sob a coornenação de Elizabeth Cristina da Costa e Luisa Vechi.

O que √© psican√°lise em extens√£o? O que ela prop√Ķe e qual o seu lugar? S√£o quest√Ķes que temos percorrido na tentativa de constru√ß√£o do Projeto Psican√°lise em Extens√£o: A Escuta Psicanal√≠tica no coletivo de uma institui√ß√£o de educa√ß√£o infantil. O grupo de estudos tem se debru√ßado sobre textos que articulam a quest√£o da psican√°lise em extens√£o, da inf√Ęncia e suas rela√ß√Ķes com outros saberes, neste momento com a leitura do livro ‚ÄúFreud Antipedagogo‚ÄĚ da psicanalista Catherine Millot. A partir do atravessamento de cada um por essas quest√Ķes, o grupo de estudos funciona como uma porta de entrada para aqueles que desejam trabalhar na constru√ß√£o desse projeto transdisciplinar.

Quinzenalmente, √†s segundas, √†s 18:30. Aberto ao p√ļblico mediante pagamento.


 

»27/11/19 08:00
Sec√ß√£o cl√≠nica na Silvestre Li√Īares.

»27/11/19 19:30
Semin√°rio - Do bom uso do abuso - por Isabella Castro.

Veja a agenda completa »

© 2011 Associação Cultural Fazenda Freudiana de Goiânia. Todos os Direitos Reservados
Av. Anhangüera, 5.674, Ed. Palácio do Comércio, St. Central, CEP 74039-900 Goiânia - GO
Telefone: (62) 3212 3900